Fórum dos Viviparos

Somos um grupo de amigos que têm em comum o mesmo gosto - Os viviparos


    Ficha técnica - Limia Nigrofasciata

    Compartilhe
    avatar
    (fjcb)

    Mensagens : 28
    Data de inscrição : 03/02/2010
    Idade : 28
    Localização : Aveiro

    Ficha técnica - Limia Nigrofasciata

    Mensagem por (fjcb) em Qui Jun 03, 2010 2:29 pm

    Mais uma foto de um macho jovem nascido no aquário:


    Alguma informação sobre a espécie:

    Limia nigrofasciata (Regan, 1913)

    Ficha técnica:
    Família: Poeciliidae
    Género: Limia
    Espécie: nigrofasciata
    Origem: Haiti, lago Miragoane
    Tamanho: macho – 6cm; fêmea – 7 a 8cm.

    Descrição:
    O macho mede em torno dos 6 cm e a fêmea em torno dos 7 cm.
    O macho possui um corpo achatado lateralmente com uma pequena bossa na parte traseira da cabeça. Esta desenvolve-se em função da idade e da dominância. Esta bossa costuma aparecer entre os 9 e os 12 meses, praticamente logo após o macho atingir a sua maturidade sexual. A fêmea distingue-se do macho pelo seu maior tamanho e pela forma do corpo mais cilíndrica.
    A cor é amarela com barras verticais pretas (9). A dorsal do macho tem uma forma arredondada com raios pretos concêntricos. No momento do acasalamento o macho intensifica os tons pretos e por vezes apresenta uns reflexos azuis sobre o corpo.

    Habitat
    Esta espécie é originária do Haiti, no lago Miragoane. Vive em águas calmas, quase estagnadas, e com muita vegetação.

    Alimentação
    É uma espécie omnívora aceitando quase tudo, contudo será importante fornecer um complemento vegetal razoável. Aceita flocos, comida congelada, e outros alimentos.

    Manutenção
    Em aquário devemos providenciar uma água alcalina com um pH entre os 7 e 8,5 e uma dureza entre 10 e 30 dGH. A temperatura deverá variar entre os 21 e os 28ºC aproximadamente, a temperatura ideal para reprodução ronda os 24ºC. É conveniente no inverno baixar-se a temperatura da água do aquário para os 21 ºC. Esta é uma espécie muito activa e com muita vivacidade, eu diria que raramente se vêm quietos. Por este motivo devemos mantê-los num aquário com uma centena de litros. Devemos prever um aquário densamente plantado, com bastantes esconderijos para as fêmeas não estarem constantemente sujeitas às investidas dos machos. As plantas flutuantes irão prever abrigo aos mais novos e recém-nascidos. Embora seja uma espécie muito activa não é agressiva, podendo ser mantida com espécies muito pacíficas e inofensivas, como é o caso dos Guppys. Sendo possível devemos manter esta espécie em grupo, por exemplo 2 machos e 4 fêmeas.

    Reprodução
    O macho persegue a fêmea intensivamente. Ele movimenta-se diante dela exibindo a sua dorsal. As suas riscas pretas intensificam-se. Ele continuará a sua parada nupcial até a fêmea estar receptiva ao acasalamento. Através do seu gonopodio (barbatana anal modificada), ele introduz os seus espermatozóides dentro da fêmea. Uma fecundação pode servir para várias posturas. Os ovos desenvolvem-se dentro da fêmea durante um período de gestação de 28 dias aproximadamente. A fêmea põe cerca de 20 a 40 crias com cerca de 1 cm. Os pequenos são bonitos e coloridos desde a nascença.

    Abraço

    Por: João Magalhães

      Data/hora atual: Ter Nov 21, 2017 3:19 am